A melhor época para visitar Chichen Itza

A melhor época para visitar Chichen Itza depende da sua programação e gosto porque você pode gostar de grandes multidões ou preferir ser o único lá.

Com todo carinho, preparamos para brasileiros que desejam visitar Chichen Itza dicas e informações importantes sobre a melhor época para se visitar o local. Além disto, preparamos um guia completo para visita à Chichen Itza que certamente aumentará a sua diversão em Chichen Itza.

Incluímos os melhores meses, horas, estações do ano e até os climas do local, para que você tenha a melhor experiência em sua viagem para Chichen Itza. Venha conosco e conheça locais específicos e interessantes que adorarás conhecer.

Chichen Itza – Ideal para multidões e passeio solitário
Para grandes multidões, vá para o Equinócio de Chichen Itza ou em um feriado mexicano. Se você não puder agendar nesses dias, basta visitar entre 11h e 14h para obter as maiores multidões no local.

Por outro lado, se você gosta de ser praticamente o único, visite Chichen Itza em um dia chuvoso ou esteja lá às 8 da manhã. Confira o restante deste artigo para escolher a melhor época para visitar Chichen Itza.

Clima Geral no Estado de Yucatan

Chichen Itza está localizada na Península de Yucatan ao sul do Trópico de Câncer e cercada por águas tropicais quentes do Golfo do México e do Oceano Pacífico, o que significa que tem um clima tropical quente e úmido.

A temperatura em Chichen Itza

As temperaturas em Chichen Itza são muito elevadas e constantes ao longo do ano entre 28ºC em dezembro-janeiro e 35ºC em maio-agosto. Brasileiros são acostumados com essas altas temperaturas, irão adorar o clima por aqui.

Chuvas e furacões

A Península Maia, onde fica Chichen Itza, há duas estações chuvosas entre maio e outubro, e entre novembro e abril. Porém, é claro que estas mudanças podem vir antes ou depois desses meses.

Como não existem montanhas na Península Maia, os furacões não têm obstáculos para retardá-los, o que torna a terra vulnerável a tempestades tropicais e furacões vindos do leste.

A temporada de furacões tropicais começa em maio e termina em dezembro.

Os melhores meses para visitar Chichen Itza

A melhor época para visitar Chichen Itza de acordo com os meses é entre março e maio porque não chove muito e também não há muito turismo. Dessa forma, você pode aproveitar melhor os locais e serviços.

Depois desses meses, a segunda melhor época para visitar Chichen Itza é entre dezembro e fevereiro por causa do clima, mas a desvantagem é que há muitos turistas, então tente chegar cedo se não gosta de aglomerações.

Melhores horários para visitar Chichen Itza

O melhor horário do dia é entre 8h e 11h mas, se você não é madrugador, pode chegar entre 14h e 15h.

Se você está pensando em visitar Chichen Itza, a melhor hora para chegar aqui é de manhã cedo, quando as multidões são escassas. Os ônibus turísticos começam a chegar no final da manhã, por volta de meio-dia. Os domingos são muito cheios porque é quando os moradores locais podem entrar gratuitamente.

Durante o ano, o inverno é a melhor época para visitar Chichen Itza devido às temperaturas favoráveis. Os meses de novembro e março também são bons devido ao menor número de turistas.

As temperaturas não são assim tão más. E você pode conseguir alguns bons negócios em acomodação para turistas brasileiros que visitam Chichen Itza.

Dicas úteis para aproveitar ao máximo sua viagem

  • Vá de manhã cedo ou no final do dia para evitar multidões e o sol.
  • Leve muita água, protetor solar e um chapéu. Use roupas leves.
  • Existem vários banheiros na entrada principal e alguns atrás da pirâmide principal. Os banheiros Chichen Itza não são ruins. Mas eu aconselho você a carregar seu próprio limpador de mãos e um pacote de lenços de papel, para o caso.
  • Faça um passeio de 360 ​​graus pela pirâmide. Você nunca sabe de onde obterá as melhores fotos.
  • Como as ruínas estão espalhadas, você terá que caminhar um pouco. Melhor fazê-lo com sapatos confortáveis.
  • Se você estiver viajando para outro destino de Chichen Itza, poderá usar os armários disponíveis no portão de entrada para guardar sua bagagem.

Agora que você já sabe a melhor época, horários, meses e estações para brasileiros irem a Chichen Itza, preparamos a cereja do bolo para você, que é o mini guia para que você aproveite o melhor do local.

Tudo o que você precisa saber sobre a visita a Chichen Itza México

Visitar Chichen Itza no México é uma das coisas mais emocionantes no itinerário de Yucatan. Chichen Itza é uma das maiores ruínas maias da península de Yucatan e também um dos incríveis locais de patrimônio mundial do México.

Foi nomeada uma das Sete Maravilhas do Mundo em 2007. Sem dúvida, é também uma das ruínas maias mais visitadas do mundo.

Guia mais recente para visitar Chichen Itza, México

Este guia o ajudará com tudo o que você precisa para planejar sua visita a Chichen Itza, na península de Yucatan, no México – o que ver, como chegar lá, melhores horários, ingressos, passeios e outras logísticas.

Uma breve história de Chichen Itza, México

Chichen Itza é uma antiga cidade maia localizada no centro de Yucatan, no México. Foi fundado por volta de 600 DC e foi um dos centros mais importantes da Civilização Maia. O nome Chichen Itza significa literalmente “a boca do poço” (cenote presente na cidade).

De acordo com a Britannica, os edifícios em Chichen Itza foram construídos ao longo de muitos anos. Portanto, em muitos estilos diferentes. Os edifícios anteriores foram construídos pelos maias no estilo Puuc.

Isso inclui a Igreja, o Convento e a Casa Vermelha. Os últimos edifícios foram construídos pelos toltecas que invadiram Chichen Itza nos séculos IX e X. Estes incluem a pirâmide principal ou o El Castilo e o campo de jogo.

Coisas para fazer em Chichen Itza

Ao visitar Chichen Itza, você pode ver uma série de monumentos interessantes da época maia e tolteca. Ironicamente, a maioria dos destaques em Chichen Itza foi construída pelos toltecas. No entanto, este é o sítio arqueológico maia mais famoso do mundo.

El Castillo é uma das pirâmides maias mais visitadas de Yucatan. E é uma das atrações mais imperdíveis do México. Aqui estão minhas recomendações sobre o que você precisa ver ao visitar Chichen Itza.

Ao planejar sua viagem ao México, é fundamental reservar um ou dois dias para visitar Chichén Itza e os cenotes próximos para não perder o melhor.

Templo de Kukulkan

O templo de Kukulkan (Deus Serpente Maia) é a principal pirâmide maia localizada no centro de um vasto pátio aberto. Você pode pegar esculturas de cobras emplumadas perto das escadas. É o marco mais icônico de todo o conjunto Chichen Itza. E é o Chichen Itza que você sempre viu nas fotos.

O Templo de Kukulkan é uma pirâmide mesoamericana e consiste em 9 terraços quadrados. A pirâmide também é chamada de El Castillo ou O Castelo e está fechada para escalada agora, após a queda e morte de uma mulher em 2006.

Sim, Chichen Itza é o lar de muitos desses detalhes…

O Templo de Kukulkan é um forte testemunho do amor maia pela astronomia. Cada um dos 4 lados consiste em 91 degraus que, somados ao frontão do templo, perfazem 365, o número de dias em um ano.

Além disso, esta pirâmide não existe sozinha. Dentro dela estão aninhadas duas pirâmides menores exatamente como as bonecas matroyshka russas. Quem poderia imaginar! Honestamente, Chichen Itza foi o mais fascinante dos patrimônios mundiais que eu já conhecidos.

Templo de Guerreiros

O Templo dos Guerreiros é outra estrutura impressionante no complexo de Chichen Itza. Recebeu esse nome em homenagem às esculturas guerreiras que adornam as colunas que o cercam.

Este templo também é uma pirâmide escalonada e foi construído pelos conquistadores toltecas no século 10. No topo, está a estátua de Chac Mool – o mensageiro de Deus.

A escalada não é mais permitida aqui. Mas o templo é imperdível ao visitar Chichen Itza.

Praça das Mil Colunas

Esta praça está localizada ao sul do Templo dos Guerreiros e é um dos pontos turísticos mais interessantes para os brasileiros. E isso porque você pode permitir que sua imaginação corra solta aqui.

Milhares de colunas quadradas e redondas percorrem a praça. Acredita-se que esta área tenha abrigado o mercado da cidade, uma sauna e outras estruturas cívicas e religiosas.

Essas colunas provavelmente eram cobertas por algum tipo de telhado de palha para proteger da chuva e do sol. O telhado não existe mais hoje.

Quadra da Bola Gigante

A grande quadra da bola gigante ou “Juego de Pelota” está localizada a noroeste de El Castillo. Esta é uma das maiores e mais preservadas quadras de bola antigas do mundo. Aparentemente, havia mais de 10 quadras de bola em Chichen Itza, mas esta era a maior.

Para os brasileiros que amam o futebol e outros esportes de bola, aqui se imagina várias modalidades de jogos com uma bola gigantesca.

A quadra de bola é construída em forma de “I” e tem paredes laterais inclinadas. Um templo está localizado em cada extremidade.

Os jogos com bola eram disputados aqui. Esses jogos não eram apenas fontes de entretenimento para o público, mas também ajudavam a resolver disputas políticas e sociais. Os perdedores eram frequentemente decapitados! E o que acontecia depois? Veja abaixo.

Templo dos Crânios

O horrível Templo dos Crânios está localizado perto da quadra de futebol. É uma plataforma baixa com fileiras de crânios esculpidos. Eram cabeças de jogadores que perderam jogos de bola ou vítimas que foram sacrificadas em altares.

Hoje em dia, esses relatos ficaram para o passado e, graças a Deus, não passam de lembranças. Hoje, podes andar tranquilo por ali, ninguém lhe tirará o crânio.

O Observatório

Os maias foram grandes astrônomos. Eles sempre gostaram de acompanhar suas estações e seguir equinócios e solstícios. É provavelmente por isso que vimos observatórios arredondados em Chichen Itza, Tulum e Ek Balam.

O observatório de Chichen Itza o El Caracol é um monumento circular localizado no topo de uma base quadrada. Dentro da câmara circular há uma escada em espiral que leva ao topo.

A partir daqui, os maias observaram os planetas e fizeram previsões sobre suas colheitas.

 Cenotes perto de Chichen Itza

O Cenote Ik Kil é o cenote mais famoso perto de Chichen Itza. Dada sua beleza natural e proximidade com as ruínas de Chichen Itza, Ik Kil é muito popular entre os turistas.

Portanto, se você estiver reservando uma excursão guiada a Chichen Itza com um cenote, é mais provável que Ik Kil seja o lugar para onde você está indo.

Existem outros cenotes menos conhecidos perto de Chichen Itza, como Yokdzonot Cenote, Chihuán Cenote e o Cenote Sagrado. O Cenote Sagrado fica bem dentro do parque arqueológico de Chichen Itza e tem algumas histórias sangrentas por trás dele. Você não tem permissão para nadar aqui.

Chichen Itza – Valor e Orientações Finais

Sem dúvida alguma, para o brasileiro que ama passear no México e gosta de histórias encantadoras e folclore, Chichen Itza é um local que chega a ser realmente iniciático.

É sempre bom aproveitar para usar o serviço de turismo guiado, entretanto, também é legal andar por si e aproveitar cada metro quadrado do local, com fotos e lembranças incríveis e incomparáveis

Não esqueça que para aproveitar sua viagem a Chichen Itza você deve ter em mãos o comprovante do imposto de turismo mexicano Visitax.

Além disto, os ingressos para visitar o sítio arqueológico de Chichen Itza são divididos em dois componentes – taxa de acesso + taxa geral de admissão que é paga ao governo. A taxa de acesso é de 75 pesos. A admissão geral para estrangeiros é de 406 pesos e para mexicanos é de 127 pesos.

Em resumo, a taxa de entrada em Chichen Itza é de 481 pesos para estrangeiros e 202 pesos para mexicanos.

Perguntas Frequentes – FAQ

A entrada ao sítio arqueológico de Chichen Itza é gratuito?
Não. Os ingressos são pagos, mas são muito baratos. Geralmente, somando-se a taxa de entrada junto com a taxa de admissão para Chichen Itza, você gastará em torno de R$ 100,00, que equivale a $20 ou 481 pesos mexicanos MXN.

Crianças podem visitar Chichan Itza?
Podem sim, porém devem estar sempre acompanhadas por seus responsáveis legais e nunca, jamais, ultrapassarem os limites de acesso marcados ou invadirem áreas proibidas. No caso de serem maiores de 15 anos, devem ter o Visitax pago também.

Qual melhor horário para brasileiros visitarem Chichen Itza e evitar aglomerações?
Para evitar aglomerações e o sol escanldante, o ideal é chegar às 8 da manhã ou no finalzinho da tarde. Porém, a manhã é bem melhor, porque terás mais tempo para passear e a tarde você faria isso com pressa e perderia o prazer do passeio. Os ônibus turísticos chegam por volta de meio-dia. Então, quanto mais cedo, menos gente.

O imposto Visitax é necessário para poder entrar em Chichen Itza, no México?
O pagamento do imposto Visitax é obrigatório para todos os turistas brasileiros e não brasileiros também. Sem ele, você não tem autorização nem para entrar na região de Quintana Roo, que é a região turística onde se encontra o sítio de Chichen Itza.

Quantos anos possuem o sítio arqueológico de Chichen Itza?
O sítio de Chichen Itza foi fundado por volta de 600 DC e foi um dos centros mais importantes da Civilização Maia. Nela você encontra vestígios que remontam grande parte da cultura maia e dos toltecas.