Quais vacinas são aceitas no México

Muitos brasileiros desejam visitar o México mas querem saber quais vacinas são aceitas no México. A fim de ajudar você, preparamos este artigo com a lista das vacinas aceitas no México atualmente.
Primeiramente, é importante ressaltar que a OMS (Organização Mundial da Saúde) aprovou várias vacinas, porém os países não são obrigados a aprovarem todas as vacinas da OMS. Cada país tem o direito e a soberania para aprovar ou reprovar as vacinas de acordo com regulamentos próprios.

Por isso, pode ocorrer de alguma vacina ser aprovada pela OMS mas não ser aprovada por um determinado país.

Quais vacinas foram aprovadas pela OMS e quais foram aprovadas pelo México?

A lista endossada pela OMS inclui seis vacinas, entre as quais não há duas usadas no México: CanSino e Sputnik V. A OMS indica que cada país pode decidir qual dose pode ser aplicada e qual não deve ser usada na vacinação da sua população.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) autorizou apenas o uso emergencial de seis vacinas contra o COVID-19, o que gerou polêmica em alguns países que decidiram aplicar outras vacinas.

As vacinas aprovadas pela OMS são:

  • Pfizer / BioNTech,
  • AstraZeneca,
  • Janssen,
  • Moderna,
  • Sinopharm e
  • Sinovac.

Outros, como o chinês CanSino e o russo Sputnik V, usados ​​em vários países, incluindo o México, ainda não têm luz verde da OMS, dos Estados Unidos ou da União Europeia.

Quais são as vacinas COVID autorizadas no México?

No dia 27 de maio, a Comissão Federal de Proteção contra Riscos Sanitários (Cofepris) autorizou a vacina da Janssen, subsidiária do laboratório americano Johnson & Johnson, para uso emergencial em maiores de 18 anos.

Esta é a sétima vacina endossada no México, após a aprovação da Covaxin, em 6 de abril, produzida pela farmacêutica indiana Bharat Biotech International Limited.

Até agora, também existem vacinas da Pfizer/BioNTech, dos Estados Unidos; AstraZeneca e Oxford, de origem britânica; Sputnik V, do Instituto Gamaleya da Rússia e os chineses CanSino e Sinovac.

No México, o Cofepris é a entidade encarregada de conceder a licença de uso emergencial de vacinas contra COVID-19.

No dia 16 de agosto, o Cofepris emitiu parecer favorável ao uso emergencial da vacina Moderna em todo o país e dois dias depois deu sua autorização, validando que atende aos requisitos de qualidade, segurança e eficácia necessários aos mexicanos.

A última vacina aprovada no México até agora é a Sinopharm, com a qual já existem nove vacinas contra o COVID aprovados no país.

Qual é a lista de vacinas são aceitas pelo México?

Atualmente, o México aceita o total de nove vacinas, entre as quais estão todas as aplicadas no Brasil. São elas:

  • BioNTech, Pfizer
  • CanSino
  • CoronaVac
  • Covaxin
  • Johnson & Johnson
  • Moderna
  • AstraZeneca
  • Sinopharm BBIBP
  • Sputnik V

Portanto, se você foi vacinado no Brasil, a sua vacina é aceita no México. Porém, é muito importante carregar com você o comprovante de vacinação.

O que é necessário para viajar para o México na pandemia?

Vamos começar falando da documentação. Isso teve uma importância maior durante este tempo de pandemia de coronavírus, uma vez que os agentes da imigração estão mais exigentes e cuidadosos. Por isso, você corre o risco de ter a entrada ao México negada se eles te acharem inelegível.

Os documentos necessários para entrar no México atualmente são:

  • Passaporte válido durante o período de permanência no México até a data de retorno ou de partida para outro país.
  • Ter preenchido o FMM (Formulário de Imigração Múltipla). Este formulário geralmente é entregue ao viajante na aeronave ou quando vai passar a fronteira terrestre. Existe a possibilidade de preenche-lo pela internet, mas neste caso, você terá que imprimi-lo. Tanto ao entrar quanto ao retornar do México ou partir para outro país, o FMM pode ser solicitado a você. Por isso, mantenha-o seguro.
  • Cópia de uma passagem de volta ao Brasil ou a outro país de destino.
  • Algum comprovante relatando o motivo de sua viagem. Se for turista, talvez tenha que mostrar os comprovantes de reservas em hotéis ou algo semelhante. Caso vá visitar parentes, talvez tenha que passar os dados como endereço e nomes completos de seus parentes ou uma carta escrita por eles.
  • Talvez o funcionário da imigração peça algum documento a mais que julgue necessário.
  • Preencha o formulário Mexico Vuela Seguro, que será solicitado na chegada.

Dica importante para brasileiros que desejam viajar para o México: É melhor que tenha todos esses documentos impressos e os mantenha a fácil acesso em sua viagem. Isto porque nem sempre será permitido que você use o telefone.

Vacinas brasileiras aprovadas pelo México

O México não impôs nenhuma exigência de vacinação obrigatória para turistas brasileiros. Porém, é importante ir ao centro de vacinação ou saúde internacional e se informar se há alguma necessidade de vacinação antes de ir ao México.

Não é apenas a questão do COVID-19, mas também é bom se prevenir de outras doenças como as hepatites, o tifo e outras possibilidades de infecções.

A boa notícia é que se você está em dia com sua caderneta de vacinação brasileira, você não terá medo e nem precisará de outras doses extras de vacina.

Existe no México a possibilidade de infecção por dengue e suas variantes. Por isso é bom o uso de repelentes e evitar locais onde haja a possibilidade de picadas por mosquitos transmissores da doença.

Em relação ao coronavírus, não é obrigatório ter tomado nenhuma dose da vacina ou nem os testes de PCR para poder embarcar no voo.

Apenas para garantir a tranquilidade de sua viagem, seria bom que você tenha um seguro para viagem muito bom, que ofereça a você toda a cobertura necessária para quaisquer eventualidades que possam ocorrer no caminho.

 

Questões Resumidas – FAQ

Quais vacinas são aceitas pelo México?

Atualmente, o México aceita o total de nove vacinas, entre as quais estão todas as aplicadas no Brasil. São elas:

  • BioNTech, Pfizer
  • CanSino
  • CoronaVac
  • Covaxin
  • Johnson & Johnson
  • Moderna
  • AstraZeneca
  • Sinopharm BBIBP
  • Sputnik V

Portanto, se você foi vacinado no Brasil, a sua vacina é aceita no México. Porém, é muito importante carregar com você o comprovante de vacinação.

As vacinas precisam ser aprovadas pela OMS para serem aprovadas no México?

Não. A própria OMS indica que avalia vacinas para medir sua qualidade e eficácia e determinar se deve ou não incluí-las na carteira do mecanismo COVAX, mas cada autoridade governamental e reguladora de um país pode ​​aprovar o uso de uma vacina contra o coronavírus, mesmo que não tenha sido incluído na lista da OMS para uso de emergência.

Quais vacinas dadas no Brasil são aceitas pelo México?

Haja vista que na lista das nove vacinas dadas no México estão incluídas todas as vacinas dadas no Brasil, podemos dizer que todas as vacinas aplicadas no Brasil são aceitas pelo México.

É necessário visto para brasileiros entrarem no México?

Não. México não exige o visto antecipado para brasileiros desejam visitar o México com as finalidades de turismo, negócios (quando não impliquem remuneração no México), participação em eventos e conferências e estudos, desde que não excedam de 180 dias. Você deve estar com o passaporte válido até o dia de sua volta.

Há alguma restrição para brasileiros entrarem no México por conta do coronavírus?

Não. O México é bem amistoso com o Brasil e não aplicou restrições aos brasileiros em relação à pandemia de COVID-19. Porém, recomendamos cuidados extras como prevenção diante dos riscos. O cidadão poderá, por exemplo, possuir uma quantia em dinheiro caso precise ficar por mais tempo lá.