Melhores Haciendas de Yucatán para Brasileiros

O que são as Haciendas de Yucatán? São belas propriedades, construídas entre os séculos 17 e 19, cresceram em torno de plantas espinhosas, agave fourcroydes, que é a fonte do henequen, uma fibra semelhante ao sisal usada em barbantes, cordas, papéis e uma variedade de têxteis, revestimentos de parede e tapetes.

Muitas fazendas combinavam a produção de henequen com a pecuária e a agricultura, o que tornava seus proprietários e dinastias inteiras imensamente ricos. Os prédios são uma parte distinta da paisagem e do meio cultural de Yucatán, e sua grande idade – o México tem apenas 200 anos, afinal – os distingue do mundo mais movimentado, às vezes mais brilhante, muitas vezes mais sujo que os cerca.

Cada edifício tem sua própria arquitetura, história e ambiente distintos; e, seja administrada por um grupo de hotéis de luxo ou um empresário local, cada fazenda trabalha muito para tornar sua cozinha, bar, concierge e serviço de quarto únicos.

O que eles têm em comum é um estilo à moda antiga e uma serenidade absoluta, uma sensação de pertencer a um mundo à parte. Embora as cidades históricas e animadas, locais maias mundialmente famosos e cenotes secretos, que ficam atrás das paredes, instiguem a maioria das pessoas a explorá-los, muitas vezes você sente vontade de fazer nada mais do que reclinar-se em uma rede à sombra e curtir a brisa do local.

Hacienda Uayamon: a Marca dos Trabalhadores

Se você vir uma antiga hacienda que não foi transformada em um hotel ou restaurante – e há muitas em toda a península de Yucatán – geralmente é uma ruína, às vezes com apenas uma casca externa esburacada que sobrou como evidência de que uma residência outrora opulenta ou fábrica estava naquele local.

Os proprietários de Uayamon, que possuíam uma antiga propriedade de henequen datam suas origens em meados de 1685, foram engenhosos não apenas na reforma considerada da casa principal e das 12 luxuosas vilas de hóspedes, mas também na conservação de muitos dos edifícios dilapidados.

Os brasileiros que visitam as Haciendas de Yucatán se sentem dentro de um filme antigo, um pedaço da Europa dentro do México.

Uma capela, oficinas e vários armazéns foram invadidos por cipós e raízes de árvores no estilo Angkor Wat, enquanto a bela piscina foi construída em torno de colunas atrás da casa de máquinas para se parecer com algo que você poderia ter visto em uma villa romana.

As construções externas são uma ideia engenhosa da época, com a ausência de quaisquer telhados garantindo que a luz penetre o dia todo, desde a luz brilhante e quente do meio-dia na piscina até o brilho suave do crepúsculo no interior da capela.

As suítes, anteriormente casas de funcionários de plantações e fábricas, têm interiores elegantes de Jaya Ibrahim, o arquiteto indonésio responsável pelo resort Aman no Palácio de Verão de Pequim.

A villa maior, que ocupa um antigo hospital, tem um jardim privativo com piscina de imersão. O cenário exuberante de Uayamon é um paraíso para pássaros – os hóspedes podem fazer passeios guiados de ornitologia ao amanhecer – e, depois de escurecer, os tatus podem ser ouvidos, e ocasionalmente vistos, correndo pela vegetação rasteira.

Na área uma curta distância estão o cemitério da fazenda e uma linha ferroviária e estação que fez de Uayamon uma cidade próspera no final do século 19; a uma curta distância estão as impressionantes ruínas maias de Edzna e a bela cidade colonial murada de Campeche.

Dicas para brasileiros que visitam a Hacienda de Uayamon:

  • Venham sem pressa e com tempo suficiente para sentir a brisa e a energia do local. Até mesmo em suas ruínas, ele nos remete a imaginações e sensações inesquecíveis.
Hacienda em Mérida, México

Hacienda Temozon: nos Passos dos Famosos

Dirigir pelo pequeno povoado de Temozon Sur não o prepara para a grandiosidade da propriedade homônima, anteriormente uma enorme fazenda de gado e, mais recentemente, um importante fabricante de henequen.

A casa principal, um edifício cor de sangue de boi do século 16, ergue-se acima de gramados bem cuidados e uma piscina incomumente longa. Além da recepção e do restaurante – que ocupa um terraço arejado e bem iluminado com vista para a piscina – ela contém a biblioteca e uma série de pequenas salas comuns, usadas para o chá da tarde e coquetéis à noite.

As fotos mostram imagens de ex-presidentes mexicanos passeando pelas arcadas sombrias de Temozon com Bill Clinton e George G. Bush, que compareceram nas cúpulas da hacienda.

A cantora colombiana Shakira também foi uma convidada recente.

Os 28 quartos variam de pequenas vilas rústicas em estilo cabana a quartos arejados de pé-direito alto com redes próprias e uma suíte presidencial – que já foi a casa dos donos da fazenda – que tem uma bela banheira de pedra, terraço e jardim privativo.

Os aspectos mais peculiares de Temozon incluem um spa que oferece massagens e outros tratamentos em cavernas subterrâneas. Imagina isso, receber massagem em águas subterrâneas. É o sonho de todo brasileiro em Hacienda de Temozon.

A 45 minutos a pé da propriedade há um cenote ou buraco onde os hóspedes podem se banhar em total privacidade.

Uma curta viagem ao norte ao longo da rodovia principal Uxmal-Mérida leva você à Hacienda Yaxcopoil. Porém, com apenas um quarto e nenhum restaurante, não é uma propriedade recomendada para pernoites, mas os extensos prédios da fazenda são muito atmosféricos. O sítio arqueológico de Uxmal, um dos mais importantes de Yucatán, também fica a uma curta distância de carro.

Hacienda Teya: Piscina Coberta para Brasileiros

Hacienda Teya Fundada em 1683 pela magnificamente chamada Doña Ildefonsa Antonia Marcos Bermejo Calderón y de la Helguera, esposa do Conde de Miraflores, Teya foi uma fazenda de gado e fazenda até o “boom” do henequen do século XIX.

A casa principal, com sua entrada e campanário de estilo barroco colonial, lembra as fachadas das igrejas que se avistam ao redor da península, enquanto a casa das máquinas é hoje um amplo salão com piscina coberta. Como todo turista que se presa, brasileiros que viajam para Hacienda Teya merecem um bom mergulho aqui.

Com apenas seis suítes, Teya tem uma sensação mais íntima do que algumas das propriedades mais imponentes, e os pomares e jardins botânicos são lindos para um passeio antes do jantar.

O restaurante, que serve cozinha de Yucatán, é justificadamente famoso, e os comensais incluíram Hillary Clinton e a Rainha Sofia da Espanha.

Aproveite também:

  • A cidade de Mérida fica a poucos minutos de carro e, embora esteja desgastada nas bordas, vale a pena explorá-la por suas belas praças e movimentada área comercial.
  • Tixcokob, uma pequena cidade ao norte de Teya, tem um belo convento e fica no chamado ‘cinturão de cenotes’, ao longo do qual existem vários abertos ao público.
Rancho San Jose em Mérida, México

Hacienda Xcanatun: Um Asteroide Bateu Aqui

O mosaico de mármore e pisos de pedra coral nas varandas, muito trabalho em ferro, filigrana e móveis antigos nas 18 suítes fornecem a assinatura colonial, mas mesas rústicas e redes penduradas entre as árvores dão a esta propriedade italiana do século 18 uma sensação de vida.

Os exteriores são pintados com terracota e creme, enquanto o terreno, embora relativamente pequeno para uma hacienda, é um pequeno recanto de vegetação tropical, com árvores maduras cuidadosamente plantadas, riachos e lagos cheios de nenúfares.

Existem duas piscinas e um spa que oferece tratamentos maias. É isso mesmo, brasileiros que visitam a Hacienda de Xcanatun tem acesso a tratamento maia que não encontra em nenhuma outra parte do mundo. E mais: no lugar original.

Em uma pequena vila com o mesmo nome, Xcanatun – pronuncia-se ‘Ish-ca-na-toon’, significa no idioma maia ‘casa alta de pedra’ – tem uma boa reputação local por seu restaurante Casa de Piedra em estilo Deco, que serve cozinha yucateca-caribenha de qualidade excepcional.

Mesmo se você não ficar aqui, não deixe de passar para almoçar uma sopa de banana com cheiro de cominho, codorna recheada assada com risoto de Chilmole, seguida por uma mousse leve feita com chaya (uma folha nativa) e regada com suco de pêra doce.

Saiba mais e divirta-se melhor

Em Mérida, a maior cidade de Yucatán, vale a pena visitar por sua feira de artesanato Casa de las Artesanías e seus excelentes museus. A oeste, na costa do Golfo do México em Celestún, está uma enorme colônia de flamingos; há uma colônia menor perto da cidade litorânea de Progreso.

Muito perto da hacienda está Chicxulub, o epicentro de uma cratera de impacto de 270 quiilômetros de largura deixada para trás por um asteroide que atingiu o planeta a 65 milhões de anos atrás.

Como não se encantar por um local desse tipo?

NLocais onde Shakira, Bill Clinton e Georg G. Bush pisaram, cenotes ao lado das paredes de cavernas, ver a olho nu um buraco de mais de 270 quilômetros causado por um asteroide… não tem como não se encantar e entrar no fluxo imaginário aqui.

Para manter essas riquezas visitáveis e seguras, o governo de Quintana Roo, estado ao qual pertencem as Haciendas de Yucatán, precisou criar uma taxa de turismo chamada Visitax.

Esta taxa é cobrada a fim de manterem a visitação saudável e segura a todos os turistas que desejam conhecer as Haciendas de Yucatán. Você precisará do comprovante dela pago ao entrar e ao sair da região de Quintana Roo.

Dúvidas Gerais sobre as Haciendas de Yucatán

Yaxcopoil, Yucatan, México

As Haciendas de Yucatán são propriedades privadas ou abertas à visitação de turistas?

As Haciendas de Yucatán foram propriedades privadas de pessoas nobres e riquíssimas em meados dos séculos 17 e 19. Hoje, elas se tornaram atrações turísticas, algumas se tornaram hotéis e outras restaurantes. Por isso, hoje elas são abertas a todos os turistas brasileiros que visitam Yucatán.

É verdade que as haciendas foram construídas e deixadas por trabalhadores da época?

Sim. As haciendas foram latifúndios e algumas foram fábricas de henequen e, portanto, os trabalhadores da época imprimiram nelas suas marcas. Como naquele tempo não setinha todo o maquinário que temos hoje em dia, você ficará encantado com a beleza e o rigor arquitetônico e bem caprichado dos trabalhadores de séculos passados.

É possível receber tratamento médico maia nas Haciendas?

Médicos não podemos garantir, já que os tratamentos maias são considerados metafísicos e não são reconhecidos pela ciência moderna. Porém, é verdade que é você pode receber tratamentos espirituais e ritualísticos maias, em forma de SPA, especialmente na Hacienda de Temozon. O diferencial aqui é que é o tratamento no local original dos maias.

Sobre o Visitax do estado de Quintana Roo, eu preciso dele para andar pelas Haciendas de Yucatán?

Sim. O Visitax é um imposto de turismo exigido em todo o estado. Como toda a região de Yucatán está dentro de Quintana Roo, não só nas haciendas, mas em toda a região, para que você possa visitar e andar livremente, deve-se estar com seu imposto pago e carregar consigo o comprovante para qualquer eventualidade que possa ocorrer.

Há restaurantes nas Haciendas?

Com toda certeza sim. Não apenas um, mas vários, com exceção da Hacienda Yaxcopoil, que no momento em que foi escrito este texto, a última informação é que não havia nenhum restaurante lá. Já nas outras haciendas que falamos, há algumas que parte delas se tornaram restaurantes. Seria muito gratificante poder se alimentar nos mesmos locais que nobres e ricos da época se alimentaram. Você pode até se sentir um deles.